Estudos de Caso: Informações e Registros como critérios de consistência e credibilidade em abordagens qualitativas

  • Elisabete Pádua
  • Diene Monique Carlos
  • Maria Ferriani

Resumo

O artigo traz elementos para uma reflexão sobre a importância das informações e registros como critérios de consistência e credibilidade nos Estudos de Caso qualitativos. A partir dos princípios do Paradigma da Complexidade, considera-se a contextualização como elemento chave no processo de busca, construção e registro de informações nos Estudos de Caso. Destacam-se três momentos do processo de registro: a Memória do Percurso, constituída pelas anotações pessoais do pesquisador; a Memória do Caso, que abrange os registros já existentes sobre o Caso; e a Memória do Processo, que constitui o núcleo da pesquisa e registra as informações construídas em estreita relação com os participantes. Conclui-se que a contextualização e o rigor nos registros das informações contribuem para que se amplie tanto a produção de conhecimento, quanto o desenvolvimento de práticas profissionais e de investigação inovadoras, em diferentes áreas do conhecimento.

Publicado
2017-06-28