Levantamento Rápido Pesqueiro Participativo: O caso do Lago de Três Irmãos, Bacia do Tietê, SP, Brasil

  • Paula Campanha
  • Maria Silva
  • Lidia Sumile Maruyama
  • Marcos Cerqueira
  • Claudia Mucinhato
  • Sergio Tutui

Resumo

Estudos destacam a importância da participação dos pescadores artesanais na identificação de conflitos e manejo dos recursos pesqueiros. Aplicou-se o LRP, que consiste em fazer um levantamento, em curto espaço de tempo, de mobilização da comunidade que utiliza os recursos naturais. Foram realizados contatos prévios com lideranças, instituições e pescadores no intuito de dar importância a sua participação no monitoramento pesqueiro. O LRP foi aplicado em 10 municípios, identificados 09 núcleos, entrevistados 102 pescadores (188 pescadores estimados). Resultou em uma atividade heterogênea, constituindo-se em dois tipos básicos: 1) os que fazem da pesca sua principal atividade, e 2) aqueles que atuam na atividade de forma secundária. O LRP forneceu subsídios a um delineamento amostral adequado, permitindo a implantação de um plano de monitoramento participativo de produção/esforço. Foi diagnosticado os gargalos da atividade, os problemas/soluções, no olhar do pescador, o que foi possível repensar novas estratégias de interversão em Três Irmãos.

Publicado
2017-06-28