ARQUEOLOGIA DISCURSIVA: os saberes constitutivos de enfermeiras militantes

  • Deybson Borba Almeida
  • Gilberto Silva
  • Genival Fernandes Freitas
  • Maria Itayra Padilha
  • Igor Almeida

Resumo

Objetivo: analisar o saberes constitutivos de enfermeiras militantes. Método: pesquisa histórica baseada no método de história oral com abordagem qualitativa, realizada como onze (11) enfermeiras que militaram/militam pelas questões profissionais a partir da década de 80 no estado da Bahia. Os dados foram coletados por entrevista semi-estruturada, organizados através do software n-vivo 10 e analisado baseado na hermenêutica dialética. Resultados: identificamos os saberes pedagógico, administrativo, saúde coletiva, sociológico e de formação sindical. Considerações Finais: Os saberes constitutivos de enfermeiras militantes estão inscritos entre as Ciências Sociais, distanciados da Medicina. Em destaque, os saberes pedagógico, político, de saúde coletiva, sociológico e de formação sindical. E Associação Brasileira de Enfermagem é identificada como espaço de formação política.

Publicado
2017-06-28