A (im)pertinência das teorias pedagógicas no ensino de Ciências Exatas no Ensino Superior

  • Paulo Alexandre Castro
  • Adriana Sadoyama
  • Geraldo Sadoyama
  • Marcos Fernandes Sobrinho
  • Paulo Vitor Souza
  • Serigne Ba
  • Susana Sá
  • Lisete Mónico
  • Thays Santos Souza

Resumo

Neste trabalho avaliamos a percepção da relevância do conhecimento pedagógico formal em docentes de Física, Química e Matemática da Universidade Federal de Goiás, Regional Catalão (UFG/RC), Goiás-Brasil. Comparamos a percepção destes docentes de acordo com sua área de atuação (formação/conhecimento), sua formação pedagógica, sua titulação e seu tempo de experiência docente. Os resultados indicam que, de maneira geral, os docentes não percebem como relevante possuir conhecimento formal de modelos e concepções pedagógicas. Apresentam-se e discutem-se os fatores percebidos como mais importantes para a prática destes docentes.

Publicado
2017-07-08