Grupo focal e entrevista semiestruturada como método para coleta dos dados no processo de formação do fisioterapeuta

  • Ana Carolina Ferreira Tsunoda Del Antonio
  • Mara Quaglio Chirelli
  • Silvia Franco da Rocha Tonhom
Palavras-chave: grupo focal, entrevista, análise temática, fisioterapia, Atenção Básica.

Resumo

Objetivou-se analisar o processo de formação dos fisioterapeutas na graduação para atuação na atenção básica e a forma de utilização das técnicas na coleta de dados. Abordagem qualitativa com 14 fisioterapeutas. Primeira fase: Grupo 1 – Grupo Focal; Grupo 2 – Entrevista semiestruturada. Segunda fase: Oficina de trabalho, para validação dos dados e reflexão acerca do processo de formação dos fisioterapeutas. Aplicado Análise de Conteúdo, modalidade temática. Observamos a graduação focada no modelo biomédico, ausência de formação teórica e prática para atuação neste cenário. Na oficina de trabalho propuseram estratégias para melhorar a formação, visando prepará-los para atuação na Atenção Básica.  Consideramos que o fisioterapeuta possui desafios para transformação da formação, entretanto a necessidade de pesquisas que abordem este tema é latente, onde métodos como grupo focal e oficina de trabalho permitem que os profissionais identifiquem problemas, reflitam sobre o processo e proponham mudanças, por meio de espaços adequados.

Publicado
2018-06-21