A Epistemologia Qualitativa de González Rey e o Estudo da Subjetividade: Novos Campos Epistemológicos na Pesquisa Qualitativa

  • Andressa Martins do Carmo de Oliveira
  • Thamiris Caixeta
Palavras-chave: Epistemologia Qualitativa; Subjetividade; Pesquisa Qualitativa; Psicologia.

Resumo

Neste estudo apresentamos uma reflexão crítica sobre a ausência da dimensão epistemológica nas pesquisas  qualitativas em Psicologia  e o impacto do que caracterizou a trajetória do fazer científico desde a filosofia  positivista até a sua chegada e permanência nas ciências humanas, tendo em conta a sua apropriação pela Psicologia. Após discorrer acerca de alguns  aspectos  dessa  trajetória,  apresentamos a Epistemologia  Qualitativa proposta por González Rey, mostrando desde o cenário de seu nascimento até as suas implicações epistemológicas e metodológicas desenhadas para o estudo da subjetividade produzida nas condições do contexto cultural-histórico. Na sequência, são apresentados os seus três princípios, com os quais concomitantemente se discutem os avanços dessa proposta para o resgate epistemológico na pesquisa qualitativa em Psicologia. Por fim, é mostrado o valor heurístico da referida epistemologia para a produção do conhecimento de fenômenos complexos no âmbito da pesquisa em Psicologia.

Publicado
2018-07-02