A promoção da qualidade do sono na pessoa idosa internada em um serviço de urgência

  • Tânia do Carmo
  • Idalina Delfina Gomes
  • Ana Filipa Duarte
Palavras-chave: Sono; pessoa idosa; intervenção de enfermagem; serviço de urgência.

Resumo

Objetivos: identificar os fatores perturbadores da qualidade do sono na pessoa idosa internada no serviço de urgência (SU) de um hospital central X, na perspetiva dos enfermeiros e das pessoas idosas, e definir intervenções de enfermagem para a promoção da qualidade do sono. Método: estudo descritivo de carácter qualitativo, do tipo Estudo de Caso. Participantes 28 enfermeiros e 12 pessoas idosas. Instrumentos de colheita de dados: entrevistas e questionários. Resultados: os fatores perturbadores da qualidade do sono na pessoa idosa assentam numa etiologia multifatorial associados ao ambiente, à prestação de cuidados e inerentes à própria pessoa. Os enfermeiros valorizaram a diminuição da intensidade da luz e do ruído para promover a qualidade do sono e referiram como medida a implementar a organização dos cuidados de modo a permitir um período de tempo de sono sem interrupções. Conclusão: para a melhoria da qualidade do sono na pessoa idosa internada a implementação do protocolo “Quiet Time” assente numa relação de parceria com as pessoas idosas é fundamental.

Publicado
2018-07-03